Exposição do pintor Sergio Manzi, nos quartos e apartamentos do B&B Busini Rossi Carla, em San Gimignano.

Sergio Manzi é considerado um dos expoentes máximos da pintura toscana, do século XX. Nasceu em 1920, em San Gimignano, onde viveu e trabalhou até 2004. Seus quadros e desenhos têm um carisma especial, impressionam e permanecem impressos na memória. Suas obras são inconfundíveis. Delas emana uma profunda e especial harmonia, da qual ninguém pode escapar. As figuras falam para um atento observador. Têm alguma coisa a ser dita, exprimindo seus sentimentos e desejos, sua vulnerabilidade e sensibilidade, ou, em outras palavras, elas mesmas. E, então, os trabalhos de Sergio Manzi começam inapelavelmente a viver. Ele cria arte já que responde à sua necessidade natural de exprimir-se, pois foi chamado pela vida para interpretar o que vê e sente. A obra de Sergio Manzi é, em primeiro lugar, o espelho da sua personalidade e de seu amor pelas pessoas e pela natureza. Sobre tal base, seus desenhos impressionam, vivem e narram. Excitam a fantasia e nos conduzem à reflexão. Enriquecem, estimulam e trazem felicidade aos observadores. Quem compreende sua mensagem e todo o fascínio dos quadros de Sergio Manzi definitivamente sente gratidão em relação a ele. Suas obras percorrem o mundo para viver a própria vida e, todavia, falarão sempre com a sua voz, em todas as línguas desta terra. E são, em qualquer lugar, compreendidas. A arte, a verdadeira, é global. Desde sempre. E para sempre o será. Seu trabalho torna Sergio Manzi imortal, quase como sua cidade natal, San Gimignano, para todas as gerações.